quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Corredor da Padre Cacique, em Porto Alegre, será liberado em novembro

21/10/2014 - Correio do Povo - Porto Alegre

O corredor de ônibus da avenida Padre Cacique deve ser liberado para o trânsito até o dia 20 de novembro pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). A previsão foi dada pela Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov). O trabalho de substituição de 47 placas de concreto do corredor que apresentaram problemas foi concluído na semana passada.

Cerca de 7% do pavimento, em 2 quilômetros da via, foram corrigidos pelo consórcio formado pelas empresas Toniolo e Sultepa. A obra foi reiniciada no dia 11 de agosto com o prazo de término previsto para dois meses e não teve custo adicional para a prefeitura de Porto Alegre. "Os defeitos não trariam riscos, mas como o corredor é novo queremos ele em perfeitas condições", afirma o diretor da Divisão de Obras e Projetos Especiais da Smov, engenheiro José Carlos Keim.

De acordo com o especialista, as placas de concreto têm um "tempo de cura", (secagem do cimento) que leva em média 30 dias e resulta na resistência do material. "O concreto é mais forte do que o asfalto, mas necessita desse tempo para secar totalmente, antes de ser liberado ao trânsito de veículos pesados", explica.

O engenheiro informou que enquanto não transcorre esse período de espera, a secretaria realiza alguns reparos na via, como a limpeza dos canteiros e acabamentos no meio fio. Só depois disso q obra será entregue para a responsabilidade da EPTC para a liberação do trecho.

A necessidade da correção do pavimento foi constatada durante vistoria da Smov em pontos localizados entre os viadutos Dom Pedro I e Abdias do Nascimento, na zona Norte de Porto Alegre. De acordo com o engenheiro, o defeito no piso ocorreu porque os operários não obedeceram o prazo correto para serrar as juntas das placas e fazer os devidos encaixes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário