sábado, 28 de julho de 2012

Prefeitura de Porto Alegre promete funcionamento de BRTs até o final de 2013

28/07/2012 - Zero Hora

Um transporte público mais rápido e com mais qualidade estará em funcionamento até o final de 2013 em Porto Alegre, garante a prefeitura. As estações de BRT (Bus Rapid Transit — em português, ônibus de trânsito rápido) estão em construção nas avenidas Protásio Alves e Bento Gonçalves. Para a João Pessoa, os envelopes da licitação já foram abertos e estão em fase final de análise.


Orçadas em mais de R$ 112 milhões, as obras fazem parte dos projetos da Capital para a Copa de 2014. Iniciado em março, o projeto está na fase de implantação das placas de concreto, escolhidas por darem mais agilidade aos veículos, na comparação com o asfalto tradicional.

As estações funcionarão de forma semelhante às de metrô, a exemplo do que ocorre em cidades como Bogotá, na Colômbia, e em Curitiba (PR). O usuário entra na estação, compra a passagem, valida o tíquete e embarca em um local fechado, destinado apenas a quem usará os ônibus.

A estrutura prevê veículos que abram e fechem as portas como nos trens. Isso torna o processo de embarque e desembarque mais ágil e evita o acúmulo de veículos nos corredores.

— Como a cobrança é feita anteriormente, o usuário embarca, ou desembarca, e o ônibus arranca — explica o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari.

Sem escadas, fechados e com ar-condicionado, os terminais receberão usuários conforme a demanda — uma estação na área central será maior, porque receberá mais passageiros. Por isso, os terminais não serão idênticos.

— A passagem terá o mesmo preço dos ônibus atuais — diz Urbano Schmitt, da Secretaria de Gestão da Copa.

O sistema BRT já nascerá integrado com ônibus e trensurb. O desconto será de 20% para quem sair de um BRT diretamente para o metrô. Os passageiros continuarão autorizados a pegar dois ônibus ao preço de uma passagem em até 30 minutos.

A pretensão, além de remodelar o transporte, é terminar com o que acontece, atualmente, nas avenidas Assis Brasil e Bento Gonçalves em horários de pico. Segundo Cappellari, em pelo menos três estações de ônibus da Assis Brasil, há operação especial para manter a velocidade de 19 a 22 km/h, porque o corredor está saturado.

— A demora no embarque atrasa a fila. Ocorre o que chamamos de ultrapassagem assistida, que é de conhecimento dos agentes e fiscalizadores de trânsito — diz Cappellari, referindo-se aos ônibus que passam à frente dos que param para proporcionar o embarque de 16, 17 passageiros.

sábado, 21 de julho de 2012

EPTC divulga nesta quinta novo mapa do transporte público de Porto Alegre

18/07/2012 - Zero Hora

Dez mil mapas de bolso, 1,6 mil guias linhas de ônibus e mil de lotações estarão à disposição dos usuários do transporte coletivo de Porto Alegre a partir desta quinta-feira. As publicações da edição 2012/2013 serão distribuídas de maneira gratuita à população e apresentam itinerários, horários e intervalos das linhas de transporte.


— O objetivo é facilitar a vida de quem utiliza transporte público, com uma informação de qualidade. Seguiremos imprimindo mais, principalmente os mapas de bolso. Nosso objetivo é atingir 100 mil unidades até a metade do ano que vem — afirma o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari.

Os guias e o mapa fazem parte do Plano de Qualificação de Informação ao Usuário do Transporte Coletivo, desenvolvido pela Gerência de Projetos e Estudos de Mobilidade da EPTC e serão distribuídos na Central de Passagem Escolar e Isenções (rua Uruguai, 45) e no Atendimento ao Cidadão da EPTC (Avenida Erico Verissimo, 100), além dos Centros de Informação ao Turista, em diversos pontos da cidade, como a rodoviária e o aeroporto.

Informação aos usuários
Usuários do transporte público em Porto Alegre podem fazer contato com o número 156 (Fala Porto Alegre) e 118 (EPTC) para informações sobre itinerários e tabela horária dos ônibus, 24 horas, todos os dias. Outras alternativas são os sites da EPTC (www.eptc.com.br) e o PoaTransporte (www.poatransporte.com.br).

Ambos os sites podem ser acessados também por celular e tablets com acesso à internet. Neles, são possíveis consultas sobre os itinerários e tabelas horárias dos ônibus e lotações, assim como os pontos de táxi da Capital.

Confira as características do mapa e das guias
Mapa das linhas de ônibus: material de bolso, com dobraduras, onde é possível visualizar o sistema de transporte por ônibus. Os eixos de deslocamento são divididos por cores, para facilitar o entendimento.
Guia de ônibus: em formato livro, com 138 páginas, demonstrando os nomes, códigos, itinerários, mapa, primeiro e último horário, além dos intervalos das principais linhas de ônibus da cidade.

Guia de lotações: em formato livro, com 62 páginas, demonstrando os nomes, códigos, itinerários, mapa, primeiro e últimos horários, como os intervalos das principais linhas de ônibus da cidade.